Arte + Cultura

Uma visita à Filarmônica de Berlim

Oct 2018 • Por Flavia Coe • 0 Comentários

Visitar a filarmônica de Berlim estava nos meus planos desde que me mudei para a cidade há alguns anos. A oportunidade surgiu agora, quando uma colega de trabalho do meu marido foi convidada para tocar viola com a Orquestra Jovem de Berlim, aqui chamada de ‘Junge Sinfonie Berlin‘. O concerto aconteceu no Chamber Music Hall, uma das salas da filarmônica, que conta com um espaço charmoso com acústica perfeita e o som na altura certa.

Além do espaço lindo, as cadeiras são confortáveis, o que ajuda bastante quando os concertos são mais longos. Este, por exemplo, durou aproximadamente 3 horas e contou com 3 atos, cada um de um compositor clássico como Joseph Haydn, Beethoven e Mozart, todos comandados pelo maestro francês Marc Piollet e com participação especial da pianista Julia Okruashvili.

Apesar de gostar de música, eu não entendo muito bem como funciona a questão das hierarquias em relação aos lugares dos músicos, por exemplo, e nem as tradições e rituais de uma orquestra. Por isso foi ótimo visitar a filarmônica, assistir a um concerto e depois ter uma conversa um pouco mais detalhada sobre estes aspectos com uma musicista local. Na hora do intervalo, é possível tomar uma taça de vinho no bar, que fica no primeiro andar do prédio.

site da filarmônica de Berlim é fácil de navegar, e o preço dos ingressos pode variar entre 20 e 80 euros, dependendo da apresentação. O prédio fica na área de Potsdamer Platz, bem próximo à estação de metrô que leva o mesmo nome.

Mais Lidos
Anterior
Próximo
Topo