Arte + Cultura

Orquestra Metropolis toca trilha sonora dos filmes de Murnau no Babylon

Nov 2018 • Por Flavia Coe • 0 Comentários

Este último final de semana consegui finalmente fazer uma das coisas que eu mais queria em Berlim: assistir a um filme antigo com orquestra ao vivo no cinema Babylon. Isso está na minha lista de coisas para fazer em Berlim desde que o Babylon exibiu há um tempo o filme “Metrópolis”, do diretor alemão Fritz Lang, acompanhado de orquestra e fiquei bastante chateada por não ter ido, pois não estava em Berlim nas datas disponíveis.

Quando recebi no Instagram a notificação sobre este novo evento, não hesitei em comprar rapidamente ingressos para a retrospectiva do cineasta Murnau, também com orquestra e dois filmes disponíveis: os clássicos “Nosferatu” (1922) e “O último dos Homens” (1924). Os dois filmes são representantes do Expressionismo Alemão, uma corrente bastante importante para a história do cinema.

Além da performance maravilhosa da orquestra, achei interessante a forma que eles se vestiram, e a entrada magnífica do maestro no filme Nosferatu” também merece menção honrosa (sem mais detalhes aqui, para você se surpreender quando assistir). Gostei muito também do Maestro ter explicado um pouco a importância dos dois filmes para a história do cinema. Além disso, as cartelas utilizadas no filme tinham tradução em inglês, um detalhe que achei que fez toda a diferença. As fontes e o alemão antigo não são muito fáceis de entender, e por isso fiquei bastante feliz quando vi as legendas.

Um fato interessante a se atentar antes de assistir ao filme é que muitos efeitos usados nestes filmes podem parecer básicos ou passar despercebidos hoje, mas eram avanços incríveis para a época, e mudaram totalmente a forma como o cinema passou a ser feito. O “Nosferau”, por exemplo, foi um dos primeiros filmes rodados fora de um estúdio, sem contar com o fato de ter sido um dos primeiros de terror da história. Já “O último dos Homens” trouxe inovações na forma como a câmera foi movimentada para fazer o efeito de zoom (tecnicamente impossível na época) e causar impacto, o que também é uma das características do contemporâneo Alfred Hitchcock.

Os motivos para assistir a uma apresentação da Orquestra Metropolis (Metropolis Orchester) são muitos, e o melhor de tudo é que a exibição de Nosferatu fez tanto sucesso, com a lotação máxima nas três exibições, que o cinema convidou a orquestra para fazer uma nova apresentação no dia 18 de novembro. Se você estiver por Berlim neste final de semana, compre o ingresso agora e tenho certeza que a sua noite será incrível, com muita história do cinema, música de qualidade e ainda por cima dentro de um prédio histórico e lindo como o do Babylon.

O Babylon fica na Rosa-Luxemburg-Str. 30, 10178 Berlin. Os ingressos custam 22 euros.

Mais Lidos
Anterior
Próximo
Topo