Arte + Cultura

Yayoi Kusama no Gropius Bau

May 2021 • Por Flavia Coe • 0 Comentários

Meu fascínio por bolinhas, ou ‘polka dots’ em inglês, começou quando eu era pequena. Todos os meus amigos sabem que meu guarda-roupa está cheio de peças cheias de bolinhas. Imagine então como me senti quando descobri o trabalho da artista japonesa Yayoi Kusama. Foi amor à primeira bolinha. 

 

Consigo me lembrar exatamente quando aconteceu. Eu estava morando em Londres e costumava ir frequentemente ao Tate Modern – também conhecido como um dos meus lugares preferidos na terra. Um dia eu andava despretensiosamente pelo museu e lá estava… uma sala cheia de bolinhas adesivas, que a Yayoi chama de “The Obliteration Room”. Nesta instalação, qualquer um podia entrar na sala, pegar uma bolinha e colá-la na parede. O espaço era colorido, interessante e me fazia sentir absolutamente inspirada. Ainda posso sentir tudo isso quando lembro desse dia. Desde então, tenho acompanhado o trabalho da Yayoi Kusama o máximo que posso. Algum tempo depois, houve uma grande retrospectiva de seu trabalho no Tate Modern novamente, e lá estava eu… com uma pilha de souvenir de bolinhas comprados no final daquela loja mágica do museu.

 

Depois de ler este relato, acredito que você possa entender como fiquei feliz quando finalmente pude ver a retrospectiva da Yayoi Kusama no Gropius Bau em Berlim recentemente. Foi a primeira retrospectiva da artista na Alemanha e forneceu uma visão geral dos períodos-chave de seus 70 anos dedicados à arte. A mostra deveria ter sido aberta ao público no ano passado, mas foi adiada para maio de 2021 devido à pandemia. Comprei o bilhete assim que pude e passei um belo dia cercada de bolinhas rosas e amarelas, sem mencionar as abóboras, espelhos, luzes e telas. 

Yayoi Kusama at the Gropius Bau

 

Acho que é impossível não gostar do trabalho da Yayoi Kusama. Sua arte é cheia de vida, fala com todas as gerações, é completamente acessível e altamente instagramável. Você não precisa de um diploma em História da Arte para se sentir de alguma forma conectado à artista ou a algumas de suas obras de arte. 

Yayoi Kusama at the Gropius Bau

 

Diferente da exposição lotada que vi em Londres e também devido à pandemia, a retrospectiva de Berlim foi muito mais vazia, resultando em muito espaço e tempo para realmente apreciar todas as obras de arte no meu próprio ritmo.

Yayoi Kusama at the Gropius Bau

Uma das coisas que mais gostei foi de experimentar os infinity rooms. Também adorei conhecer suas experimentações na moda e suas pinturas, mas na verdade é difícil para mim escolher a obra de arte que eu mais gosto, pois acredito que todas elas falam umas com as outras de alguma forma.

 

Yayoi Kusama at the Gropius Bau

 

 O ponto alto desta exposição para mim não foi uma peça específica, mas sim ter uma ideia clara de como seu trabalho evoluiu ao longo dos 70 anos dedicados à arte. Acho que estou mais interessado nos processos do que no resultado na verdade. Saí da exposição refletindo muito sobre como experiências, maturidade, curiosidade e tempo são os ingredientes-chave para criar um corpo de trabalho complexo e significativo. 

 

Yayoi Kusama at the Gropius Bau

 

Se você tiver tempo livre neste verão, não perca a exposição de Yayoi Kusama no Gropius Bau. Depois de um ano de bloqueios e restrições, experimentar o trabalho desta linda artista foi exatamente o que eu precisava para me animar. Espero que a exposição deixe vocês tão inspirados quanto eu fiquei.

 

Yayoi Kusama at the Gropius Bau

 

Obrigado Yayoi, por ser uma grande fonte de inspiração para mim. Pode me esperar ai no Japão, assim que a pandemia der uma trégua.

A exposição Yayoi Kusama vai até 15 de agosto de 2021.

Gropius Bau está localizado na Niederkirchnerstraße 7, 10963 Berlim.

Obs: conteúdo não pago.

 

Mais Lidos
Anterior
Próximo
Topo